Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \25\UTC 2009

MST, Bandido?

lulacombonc3a9domst2

“O que matamos não foram pessoas comuns, foram contratados para matar, pistoleiros violentos”, afirmou, por telefone, o líder do movimento, Jaime Amorim.

 

É assim que o Movimento Sem Terra, mais conhecido como MST procura realizar a tão sonhada justiça social? Matando trabalhadores?

 

Agora o mais engraçado de tudo é onde está a turma dos Direitos Humanos? Onde estão todos aqueles parlamentares que adoram se saborear da desgraça alheia em momentos de caos? Onde esta a mídia que adora alardear mais uma chacina na fazenda X, Y e Z?

 

Enfim estão todos mudos e calados. Quando um invasor (porque esse povo do MST não pode ser considerado trabalhador) invade fazendas em busca de retorno financeiro e acabam levando tiros por parte dos proprietários a imprensa marrom adora fazer sensacionalismo dizendo que trabalhadores rurais foram mortos a tiros por donos de fazendas violentos e sem nenhum pudor.

 

Agora quando acontece o contrário todos ficam calados, tentando justificar oque não tem justificativa. A pergunta que fica é até quando vamos agüentar esses movimentos que buscam dinheiro fácil.

 

Digo isso porque já vi várias matérias dizendo que muitos acampados têm casa na cidade, alguns chegam a ser até pequenos comerciantes, que migram para essas fazendas para conseguir um lote de terras para depois vender a preço de nada. Isso é justo?

 

Fica aqui registrado meu desabafo diante essa vergonha que assola o Brasil diante de nossos olhos.

 

Josué Silva

 

Texto publicado no Estadão de hoje.

Read Full Post »

O presidente Barack Obama afirmou que sua equipe identificou gastos que podem ser cortados no Orçamento dos Estados Unidos e que vão representar economia de US$ 2 trilhões na próxima década

“Nesse orçamento, iremos encerrar programas de educação que não funcionam e acabaremos com pagamentos diretos a grandes agronegócios que não os necessitam”, disse, sem detalhar quais áreas de agronegócio terão redução.

“Iremos eliminar os contratos sem concorrência que gastaram bilhões no Iraque, e reformaremos nosso Orçamento da defesa para que não paguemos por um sistema de armas da era da Guerra Fria que não usamos mais”, afirmou Obama em relação aos gastos com armamento.

“Iremos acabar com o desperdício, fraude e abuso no nosso programa Medicare que não deixam nossos idosos mais saudáveis, e restauraremos um sentido de justiça e equilíbrio no nossa arrecadação, finalmente acabando com a isenção de impostos de empresas que mandam nossos empregos para o exterior.

Obama ressaltou que seus assessores estão examinando o Orçamento em busca de gastos dispensáveis para reduzir pela metade o déficit orçamentário calculado em US$ 1,3 trilhões.

O presidente voltou a apelar para a união dos americanos para vencer a crise financeira internacional e afirmou que os Estados Unidos têm o povo mais trabalhador e, por isso, vão “emergir mais fortes do que antes”.

“O peso desta crise não irá determinar o destino desta nação. As respostas para os nossos problemas não estão além do nosso alcance. Elas existem nos nossos laboratórios e universidades; nos nossos campos e fábricas; na imaginação dos nossos empreendedores e o orgulho do povo mais trabalhador da Terra. Essas qualidades que fizeram da América a maior fonte de progresso e prosperidade na história humana nós ainda temos em ampla medida. O que é necessário agora é esse país se unir, confrontar com coragem os desafios que enfrentamos e se responsabilizar pelo nosso futuro mais uma vez”, afirmou.

 

090552711

 

Obama afirmou que a crise que assola o país é fruto de ações de governantes, bancos e cidadãos. “Regulamentações foram aprovadas em nome do rápido lucro ao custo de um mercado saudável. Pessoas compararam casas que sabiam que não podiam pagar de bancos e credores que empurraram esses empréstimos ruins de qualquer forma. E, enquanto isso, debates críticos e decisões difíceis foram adiadas para outro momento ou outro dia”.

Para resolver os problemas financeiros, Obama falou em “agir com coragem e sabedoria”, reafirmou que o plano econômico deve salvar ou criar mais de 3 milhões de empregos e que 95% das residências terão redução de impostos.

“Agora é a hora de fomentar a criação de empregos, recomeçar os empréstimos, e investir em áreas como energia, saúde e educação, o que fará nossa economia crescer, mesmo se tivermos de fazer escolhas difíceis para diminuir nosso déficit”, afirmou.

“O plano de resgate e o plano de estabilidade financeira são os passos imediatos que estamos tomando para reativar nossa economia no curto prazo. Mas a única forma para restaurar completamente a força da economia da América é fazendo investimentos de longo prazo que irão levar a novos empregos, novas indústrias e uma habilidade renovada de competir com o resto do mundo.”

Obama afirmou que as indústrias automotivas terão apoio do governo. “O país que inventou o automóvel não pode abandoná-lo. Milhões de empregos dependem disso. Dezenas de comunidades dependem disso”.

É muito importante o presidente da maior nação do mundo discursar e mostrar ao mundo a que veio.

Mas até agora não conseguimos ver ações que realmente façam algum efeito, sabemos que a educação norte americana precisa ser reestruturada, a saúde deles também anda tão ruim quanto a nossa isso também é verdade.

Mas oque hoje o mercado quer ouvir é algo que faça efeito diante dessa crise que desmorona o mundo a cada abertura de jornal.

A última noticia que tivemos é que o governo estará estatizando aproximadamente 40% do Citibank. Alem do Citigroup já temos informações de que o governo americano esta forçando um pedido de falência da Chrysler e GM. Não sabemos oque um pedido de falência como esse poderia acarretar é preciso que o governo tome medidas claras e salve essas grandes corporações de uma possível falência, porque caso elas venham realmente quebrar não só os EUA quebraram, mas o mundo inteiro ira a reboque.

Também temos visto o governo atacar o sistema de defesa armas e guerra dos EUA em relação às gestões passadas. Se Bush errou ao dar prioridade ao sistema bélico é hora de consertar e olhar pra frente.

Acredito que também não podemos culpar o mercado por ter comprado e vendido casas que não podiam pagar, porque isso foi fruto de uma bolha especulativa imobiliária que num primeiro momento deu muito dinheiro e trouxe muita prosperidade ao mundo.

E no exato momento em que tudo isso ocorria o Presidente estava ocupando uma cadeira no Senado, logo ele tinha poder para ir contra tudo oque aconteceu. Não sou contra Obama, só acho que ele deve começar a gerir logo essa massa falida que os EUA esta se tornando, porque caso contrário teremos uma avalanche no mercado internacional.

Josué Silva

Read Full Post »

O Itaú Unibanco Banco Múltiplo reportou lucro líquido (pro forma) de R$ 10,0 bilhões em 2008, montante 16,1% menor se comparado aos R$ 11,92 bilhões de 2007. A rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio (ROAE) foi de 23,4% no ano (32,0% no ano de 2007), enquanto que o Índice de Basiléia foi de 16,1%, com base no consolidado operacional. Já o lucro líquido recorrente foi de R$ 10,57 bilhões, volume de 8,17% maior ante os R$ 9,77 bilhões registrados em igual período do ano anterior.

Apenas no quarto trimestre de 2008, o lucro líquido de ambas as instituições juntas foi de R$ 1,87 bilhões, o que representa uma queda de 26,7% em relação ao terceiro trimestre de 2008 (R$ 2,55 bilhões). O ROAE do período foi de 17% (enquanto que no 3° trimestre de 2008, o ROAE foi de 23,3%). Já o lucro líquido recorrente do período entre outubro e dezembro de 2008 foi de 2,33 bilhões ante os R$ 2,67 bilhões registrados no trimestre anterior.

Os ativos consolidados do Itaú Unibanco atingiram R$ 632,7 bilhões ao final de dezembro de 2008, garantindo-a na liderança do ranking de ativos. A carteira de crédito, incluindo avais e fianças atingiram R$ 271,9 bilhões, com crescimento de 33,9% quando comparado a 31 de dezembro de 2007. No Brasil, a carteira de crédito livre, pessoa física atingiu R$ 93,2 bilhões. Por sua vez, o segmento de micro, pequenas e médias empresas atingiram R$ 52,6 bilhões e o segmento de grandes empresas atingiu R$ 100,8 bilhões.

No ano, dentro de critérios prudenciais adotados pela administração, foram constituídas provisões adicionais para operações de crédito no montante de R$ 4,7 bilhões, considerando o ambiente econômico atual e as incertezas a ele relacionadas e incorporando parcela referente aos riscos associados a um cenário mais pessimista para 2009/2010, ainda não completamente coberto pelos cenários históricos observados no passado recente.

Os recursos próprios livres, captados e administrados totalizaram R$ 806,4 bilhões, com crescimento de 25,1% quando comparado a 31 de dezembro de 2007. Os depósitos à vista, a prazo e de poupança somaram R$ 202,1 bilhões. As provisões técnicas de seguros, previdência e capitalização atingiram R$ 41,6 bilhões.

Fonte: Gazeta Mercantil

Vanessa Correia – InvestNews

Read Full Post »

http://pt-br.justin.tv/tamonaglobo1

A imagem é muito boa e o delay tambem é quase zero, vale a pena conferir por aqui.

Read Full Post »

images12

Infelizmente aconteceu oque esperávamos. Um mês no governo e nada de grandes mudanças, pelo contrário o caos continua cada vez maior,  as empresas  e as famílias precisando cada vez mais de ajuda do governo.                    

Recentemente o governo Obama anunciou um plano de US$ 275 bilhões que deve ajudar até nove milhões de famílias que têm hipotecas e foram afetadas pela crise imobiliária no país.  Do total de investimentos anunciado no pacote, chamado “iniciativa de estabilidade do proprietário de imóvel”, US$ 75 bilhões serão destinados a ajudar pessoas que não conseguem pagar suas hipotecas ou estão com dificuldade em honrar suas dívidas.

 

Não é o bastante mas já é um começo embora a oposição acredite que esse pacote não servira muito, inclusive o governo de coalizão democratas e republicanos já esta mostrando sinais de enfraquecimento, porque já tivemos ao menos dois republicanos que se recusaram a fazer parte do governo Democrata, por não acordarem com as politicas democratas.

 

Se na area economica os avanços foram moderados, não podemos dizer o mesmo em relação a politica internacional. Recentemente o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse  que seu país está disposto ao diálogo com os Estados Unidos, mas em condições de “igualdade e de respeito mútuo”. O líder iraniano fez estas declarações, em Teerã, diante de dezenas de milhares de pessoas, por ocasião da comemoração dos 30 anos da vitória da Revolução Islâmica e horas depois que o presidente dos EUA, Barack Obama, expressasse seu desejo de manter um diálogo direto com o Irã.

 

Obama também já confirmou o fechamento da prisão de Guantánamo, em Cuba. A base militar americana localizada na ilha foi transformada em prisão de suspeitos de terrorismo pelo governo Bush. O fechamento da prisão deve ocorrer em até um ano. A grande questão nesse caso é, pra onde mandar os suspeitos de terrorismo presos em Guantánamo?

Javier Solana, alto representante de Relações Exteriores da UE, reiterou que Guantánamo é “um problema americano, do governo dos EUA”, mas disse que a UE está disposta a ajudar –sem dar detalhes sobre a extensão do auxílio. “Se pudermos contribuir para que esta decisão seja tomada o mais rapidamente possível, trataremos de ajudar”, afirmou Solana, sem tocar no tema asilo político, ajudar dessa forma até eu ajudo.

Inclusive o grupo terrorista Taleban classificou como um “passo positivo” o plano do presidente dos Estados Unidos, de fechar a prisão militar americana em Guantánamo, Cuba, mas reiterou que a paz só será possível se o presidente retirar as tropas americanas do Iraque e do Afeganistão. Essa questão a meu ver já é um pouco mais complicada, porque onde os Democratas vão colocar tantos soldados? O nível de desemprego aumenta cada vez mais em solo americano, e esse pessoal que esta no Oriente esta recebendo, logo em solo americano precisarão de algo pra fazer. E a pergunta é oque? Não é só uma questão de paz.

Enfim temos um governo em começo de mandato, com muitas promessas a cumprir com o mundo desmoronando sobre seus ombros a todo instante, inclusive sua popularidade já recuou 9% desde que assumiu a presidência, o maior índice dessa rejeição ate o momento veio por parte dos republicanos, mas mesmo assim ela ainda esta alta, 67% dos americanos aprovam o governo.

Bom como eu já não esperava muito desse Governo agora só me resta esperar. E torcer. Muito mas muito porque o nosso futuro depende deles.

Boa Sorte Barack!

Josué Silva

Read Full Post »

O ano mal começou e já estamos com mais de 100 mil postos de trabalho cortados. Isso porque não seremos afetados pela crise, segundo o ministro Guido Mantega.

Nesse cenário quem perdeu mais empregos foram os paulistas, o Estado foi o que mais fechou postos de trabalho em janeiro, foram 38.676 demissões, mesmo com o super pacote que o atual governador José Serra implantou recentemente no Estado. Para conter os efeitos dessa crise internacional que não para de fazer vitimas.

Essa queda pode significar um problema janeiro porque depois de uma década registrando contratações, esse janeiro foi fraco, o mercado e o consumidor não conseguiram superar a ressaca do final de ano e o resultado foi o inverso do ano passado, ao invés de contratar o empregador resolveu pisar no freio de vez.

Em pleno mês de dezembro tivemos 654 mil vagas cortadas, somadas a essas de janeiro em breve estaremos nos aproximando de quase 1 milhão de desempregados, isso quer dizer o governo via FAT deverá alimentar mais 1 milhão de famílias por sete meses.

O setor que mais demitiu foi o de comércio varejista, com 50.403 demissões, seguido pela indústria metalúrgica que cortou 12.028 postos de trabalho, a indústria de materiais de transporte também mandou embora 11.732 empregados, a indústria de alimentos e bebidas também dispensou 8.794 pessoas, transporte e comunicações 7.699 esse foi o numero de cortes desse setor.

E o pior é que se essas ondas de demissões continuarem em breve o governo deverá e também será mister que ele faça algo mais importante do o Bolsa Família , porque a situação brasileira esta ficando cada vez pior.

As demissões já começaram. Será que vamos precisar ter bancos quebrando, montadoras indo embora, grandes empresas nacionais pedindo concordata para que o governo reaja?

Josué Silva

Read Full Post »

Link para assistir o Carnaval via internet

http://pt-br.justin.tv/tamonaglobo1

A imagem é muito boa e o delay tambem é quase zero, vale a pena conferir por aqui.

Read Full Post »

Older Posts »