Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \18\UTC 2010

O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

Laura Somoggi, de Marblehead (EUA)

É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele não costuma freqüentar as páginas de revistas e jornais brasileiros como acontece com os investidores George Soros ou Warren Buffet. Mas saiba que esse americano também está na lista dos magos dos investimentos nos Estados Unidos e, como tal, tem muito a ensinar sobre o assunto. Durante 13 anos, ele foi o responsável pela administração do fundo de ações mais rentável do mundo no período, o Fidelity Magellan Fund. Entre maio de 1977 e maio de 1990, o Magellan valorizou 2.900%. Quando começou a administrá-lo, o patrimônio do fundo era de US$ 20 milhões. No final, já eram US$ 14 bilhões e mais de um milhão de cotistas. Depois, tendo o próprio Lynch como o principal garoto-propaganda, a Fidelity tornou-se a maior empresa de administração de fundos dos Estados Unidos. Em abril último, seus 292 fundos somavam um patrimônio de US$ 952,5 bilhões. A empresa presta serviços financeiros a mais de 15 milhões de pessoas e emprega mais de 30 mil funcionários. Apesar de nunca ter atuado no mercado brasileiro, a experiência de Lynch deve ser ouvida. Foi isso o que a DINHEIRO fez ao entrevistá-lo na sua casa em Marblehead, uma cidade litorânea a 25 quilômetros de Boston, sede da Fidelity.

DINHEIRO – Qual é o segredo para escolher boas ações?
PETER LYNCH –
Você deve, antes de tudo, entender o que a empresa faz, qual é a sua natureza. A maioria das pessoas vê o investimento em ações como um jogo. O que é preciso ter em mente é que se a empresa vai bem, suas ações irão bem. Não é cassino. Não é para pensar nos próximos dias ou nas próximas semanas. Pergunte-se: por que essa empresa vai estar melhor daqui a cinco anos? Se ela vai bem, veja se ela tem condições de continuar bem.

DINHEIRO – O que os investidores devem analisar numa empresa antes de investir nela?
LYNCH –
As pessoas devem se especializar, tentar descobrir que tipo de mercado entendem mais. Você pode, por exemplo, observar 20 empresas que estejam perdendo dinheiro. Veja qual delas pode reverter a situação. E aí você compra as suas ações. Ou então escolha as áreas que você entende melhor.

DINHEIRO – No Brasil, ainda não temos a cultura de investir no mercado acionário; qual a melhor forma de começar?
LYNCH –
O que vai fazer com que o mercado acionário brasileiro tenha um bom desempenho nos próximos 10, 20 ou 30 anos é o bom desempenho das empresas brasileiras. Então, antes de qualquer coisa é preciso ver se você acredita no País. Nos Estados Unidos, por exemplo, nós passamos por nove recessões desde a Segunda Guerra. O Brasil está crescendo rápido. Há um grande potencial de valorização. Mas é preciso separar uma parte do dinheiro que você não vai precisar em, no mínimo, um ano. Se você precisar do dinheiro nesse período, nem pense em entrar no mercado acionário. Pense em daqui a 5, 10, 15 anos. Lembre-se de que o tempo trabalha a seu favor quando você investe em ações. Quem poderia imaginar os problemas com a Rússia, com a Ásia, ou mesmo a desvalorização no Brasil? Todos afetaram muito o Brasil. Por isso, pensar em investir por menos de um ano é um grande erro.

DINHEIRO – O problema é que no Brasil, as taxas de juro ainda estão muito altas. Assim as pessoas não se sentem motivadas a investir e correr riscos.
LYNCH –
Nos EUA, em 1982, as taxas de juro eram de 20% ao ano. E aquele era o momento exato de comprar ações. Porque todos esperavam uma reviravolta na economia. Quem aplicou na época, viu seu dinheiro crescer 10, 15 vezes. Se você tem aversão ao risco, uma inflação de 5% ou 6% e juros de 18% vão lhe desanimar. Em geral, no longo prazo, é melhor investir em ações do que em renda fixa. Se você pensar em grandes períodos, não há problema em comprar papéis mesmo com altas taxas de inflação e de juros.

DINHEIRO – Outro aspecto importante sobre a bolsa brasileira é que ela é muito concentrada em poucos papéis…
LYNCH –
Mas acredito que no futuro mais empresas brasileiras terão seus papéis negociados em bolsa. Nos próximos 10, 20 anos, surgirão boas oportunidades para quem quiser investir diretamente em companhias ou por meio de fundos de investimento.

DINHEIRO – Como saber qual é a hora certa de comprar ou vender ações?
LYNCH –
Isso depende do tipo de empresa na qual você está investindo. Se você acredita que a empresa tem potencial de crescimento. Verifique qual a sua fatia do mercado e quais são as perspectivas para o futuro. É melhor comprar ações de uma empresa com 100 lojas e não uma com 650 lojas, se o mercado só comporta 700. Invista numa companhia real e que tenha possibilidades de crescer. Olhe o balanço, analise sua consistência financeira.

DINHEIRO – E como usar esses fundamentos na empresas de Internet?
LYNCH –
No final de cada dia, mesmo as empresas de Internet devem ter vendido alguma coisa e devem ter tido algum lucro. Ou então analise qual é o seu potencial para os próximos dez anos. É difícil ver os custos agora, pois elas estão gastando todo o seu dinheiro em publicidade, em pessoal, em marketing, para desenvolver negócios, parcerias etc. Mas e daqui a 5 anos? E daqui a 10? Como estarão as vendas? Se você não tiver como projetar receitas e lucros, é melhor apostar no número 23 ou no número 28 num cassino.

DINHEIRO – O mercado de papéis de Internet está sobrevalorizado?
LYNCH –
Nunca faço esse tipo de análise. Não fico tentando adivinhar quando o mercado vai cair. Eu adoraria saber. As pessoas diziam que o Dow Jones estava sobrevalorizado quando bateu os 2.000 pontos, os 4.000, os 6.000, os 8.000, os 10.000. E quando o mercado cai, todas dizem que estavam certas.

DINHEIRO – Se o sr. ainda administrasse fundos de investimento, compraria ações de empresas de Internet?
LYNCH –
Eu faria muita pesquisa. Talvez haja áreas ainda melhores do que a Internet. Veja o exemplo das empresas que produzem aqueles leitores de códigos de barra usados nos supermercados. Elas foram criadas há 25 anos. Quem mais se beneficiou dessa tecnologia não foram as empresas que produziam os leitores, e sim os supermercados que os utilizavam. As pessoas começaram a passar mais rápido pelos caixas, o índice de erros diminuiu, o controle dos estoques melhorou. Assim, pode ser que muitas empresas ou alguma indústria vão se beneficiar com a Internet. E não serão necessariamente as empresas pontocom. Eu acho que a Internet está sendo sobrevalorizada. Os aviões mudaram o mundo. Muita gente ganhou muito dinheiro. Mas muitas empresas aéreas perderam muito dinheiro, faliram. A Internet vai ser maior do que a indústria de empresas aéreas?

DINHEIRO – Por que o sr. costuma dizer que investir está mais relacionado ao estômago do que ao cérebro?
LYNCH –
Quando as pessoas vão comprar uma geladeira elas são muito racionais. Elas passam horas procurando, comparam preços, e fazem de tudo para economizar 12 dólares. Quando vão comprar uma ação, não fazem nenhuma pesquisa. Depois, ouvem que haverá recessão na Ásia e ficam nervosos. É preciso ter um estômago forte para isso.

DINHEIRO – É preciso tomar mais cuidado quando fazemos investimentos pela Internet, nas corretoras virtuais?
LYNCH –
Em primeiro lugar, se você está lidando com dinheiro, precisa saber para onde está mandando. O ponto é: você está realmente investindo ou está jogando? Não é para chegar às quatro da tarde e dizer: “São quatro da tarde e eu ainda não comprei nenhuma ação”. Não há dúvida de que a Internet é rápida para comprar e vender ações. Mas quem se importa se ela é doze minutos mais rápida?

DINHEIRO – O sr. acha que o investidor médio tem condições de acompanhar tão de perto o desempenho das empresas?
LYNCH –
Não é preciso mais do que algumas horas por mês. Antes de investir, faça um teste: explique para a sua esposa, para os seus filhos ou para o seu vizinho por que comprou aqueles papéis. Você deve conseguir fazer isso em dois minutos. A justificativa não pode ser a alta da bolsa no último mês. Deve haver uma razão para você ter comprado as ações de determinada empresa. E preste atenção no que vê a sua volta. O que o supermercado está vendendo bem? Que empresa fabrica? É uma boa opção de investimento?

DINHEIRO – No mercado acionário, os pequenos investidores não estão em desvantagem em relação aos grandes?
LYNCH –
Não, se o pequeno fizer a lição de casa, se atuar como um profissional. Agir da forma que agiria se fosse comprar uma geladeira. Os pequenos podem ganhar dinheiro. Desde que façam as coisas certas.

DINHEIRO – Algum comentário especial para os investidores brasileiros?
LYNCH –
O fato de o mercado não ser maduro não é nem bom, nem ruim. Isso significa que se tudo correr bem com o País, será possível ganhar muito dinheiro no mercado acionário brasileiro. É nisso que os investidores devem pensar. Com os juros altos, você pode ganhar 18%, 19%. Mas eu prefiro fazer meu dinheiro se multiplicar por 10, por 20. E as taxas de juro tendem a cair.

Entrevista publicada no site Dinheiro na WEB, domingo dia 17 de janeiro de 2010

http://www.terra.com.br/istoedinheiro/144/seudinheiro/din144_02.htm

Anúncios

Read Full Post »

ANÁLISE DE AÇÕES
BBAS3   ANÁLISE DE RISCO  
Último R$ 29.25  Beta 1.02 
Variação -1.68%  Retorno Esperado Mensal 2.5% 
Abertura 29.65  Retorno Esperado Anual 35.0% 
Mínimo 29.09  Volatilidade Esperada Mensal 10.9% 
Máximo 29.95  Volatilidade Esperada Anual 37.8% 
VALUATION   Value at Risk prob. = 16% -8.5% 
Valor Patrimonial 13.08  Pior Cenário – Bearish 28.49 
Lucro/Ação 3.48  Melhor Cenário – Bullish 35.27 
PL anual 8.4  Alvo 31/12/2009 30.71 
ROE anual 26.6%  Alvo em 12 meses 41.98 
WACC anual 13.1%  Índice de Sharpe 0.22 
Preço Justo 45.82  Índice de Jensen 0.63 
Potencial 56.7%  Índice de Treynor 2.45 

Fonte: Sfera Stock Analysis

Read Full Post »

Depois de iniciar o ano em alta, os mercados acionários do Brasil e dos Estados Unidos tiveram na semana encerrada no dia 15 de janeiro uma importante desvalorização. Destaque para a divulgação de importantes indicadores da economia americana, como vendas no varejo e o Livro Bege.

Com isso, o mercado acionário brasileiro, por exemplo, voltou a ficar abaixo o patamar dos 70 mil pontos, que havia sido atingido na primeira sessão de 2010.

Maiores altas da semana

 

ATIVO CÓDIGO ÚLTIMO VARIAÇÃO
MMX MINER MMXM3  R$  14,60 7,27%
P.ACUCAR-CBD PCAR5  R$  67,90 5,27%
BRASKEM BRKM5  R$  14,45 3,96%
EMBRAER EMBR3  R$    9,76 3,28%
CELESC CLSC6  R$  37,57 2,37%
 

Baixas da semana

 

ATIVO

CÓDIGO ÚLTIMO VARIAÇÃO
BRASIL TELEC BRTO3  R$  22,85 -19,40%
BRASIL TELEC BRTO4  R$  14,89 -13,63%
FIBRIA FIBR3  R$  35,50 -10,13%
REDECARD RDCD3  R$  25,72 -7,88%
TAM S/A TAMM4  R$  38,70 -7,61%
 

Mais negociadas na semana

 

ATIVO CÓDIGO ÚLTIMO VOLUME
VALE VALE5 R$ 46,14 2.899.838.848,00
PETROBRAS PETR4 R$ 35,75 2.668.420.288,00
ITAUUNIBANCO ITUB4 R$ 37,27 748.812.944,00
PETROBRAS PETR3 R$ 39,99 604.143.000,00
BMFBOVESPA BVMF3 R$ 13,62 575.194.992,00

Portfolio

Nessa semana realizei algumas mudanças na minha carteira, vendi Petrobras (PETR4) e comprei Marcopolo (POMO4).

O motivo para a troca, não é segredo que eu não consigo manter Petrobras em meu portfólio, e o rendimento também estava quase zero a mais de 30 dias, por isso resolvi trocar e investir em POMO4, que inclusive tem um histórico de bons resultados.

O resultado da semana também esta bastante favorável, enquanto o Índice recuou 1,8% e minha carteira avançou 1,03%. Mas temos que ter calma pois o ano esta apenas começando e existem projeções de que a bolsa chegara a 90 000 pontos, logo é normal o mercado recuar um pouco e corrigir preços ate que o rali se inicie novamente.

Papel Código Acum
Rede Energia REDE4 4,41%
ABC Brasil ABCB4 16,89%
Vale VALE5 16,95%
Itausa ITSA4 12,46%
Marcopolo POMO4 2,41%
Usiminas USIM5 15,37%
AMBEV AMBV4 21,42%
Bradesco BBDC4 4,22%

Read Full Post »

Read Full Post »

Esse é um momento de muito pesar no mundo inteiro, pois nossos irmãos haitianos estão sofrendo as dores do terremoto, que assolou aquela nação essa semana.

 Se você pode e quer ajudar, veja aqui como doar seus recursos aquele país devastado pela tristeza.

A embaixada do Haiti no Brasil recebe doações em dinheiro por meio da conta corrente abaixo. Os recursos serão recebidos diretamente pela embaixada e administrados por ela, segundo o Banco do Brasil. Podem ser feitos depósitos ou transferências de qualquer banco e até mesmo fora do Brasil.

Nome: Embaixada da República do Haiti

Banco: Banco do Brasil

Agência: 1606-3

CC: 91000-7

CNPJ: 04170237/0001-71

Cruz Vermelha 

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) também esta recebendo  doações apenas  em dinheiro. 

Para doar ao CICV, use a conta corrente abaixo: 

Nome: Comitê Internacional da Cruz Vermelha

Banco: HSBC

Agência: 1276

CC: 14526-84

CNPJ: 04359688/0001-51

 Movimento Viva Rio

O Movimento Viva Rio abriu uma conta para receber doações que serão usadas para compra de alimentos, água e medicamentos. 
 

Nome: Movimento Viva Rio

Banco: Banco do Brasil
Agência: 1769-8
CC: 5113-6

CNPJ: 00343941/0001-28

O músico haitiano Wyclef Jean esta recebendo doações para ajudar as vítimas do terremoto por meio de sua ONG, a Yelé Haiti. Para doar, acesse o site do Yelé Haiti, clique em “Donate”, escolha o valor da doação e informe os dados do seu cartão de crédito.

A ActionAid, organização internacional sem fins lucrativos, está recebendo doações. Para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti, você pode fazer uma doação pelo telefone 0300 789 8525, das 10h até as 18h, de segunda a sexta-feira, ou pelo site  (www.ajudeohaiti.org.br). A doação mínima é de R$ 10.

 A Caixa Econômica Federal lançou nesta sexta-feira (15) uma campanha de ajuda às vítimas do terremoto. Os depósitos serão encaminhadas para o Programa Mundial de Alimentação (PMA) da Organização das Nações Unidas (ONU) e para o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assistência Humanitária (OCHA, sigla em inglês). 

 Doações podem ser realizados em toda a rede da Caixa e não há valor mínimo. Os dados para fazer depósito são os seguintes:

 Nome: PNUD – Haiti 

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 0647
Operação: 003
Conta: 600-1

Informações sobre cidadãos brasileiros no Haiti podem ser obtidas no Núcleo de Assistência a Brasileiros do Itamaraty, nos telefones abaixo: 

(61) 3411-8803
(61) 3411-8805
(61) 3411-8808
(61) 3411-8817
(61) 3411-9718
(61) 8197-2284

Read Full Post »

Banco País Ganhos em %
1.Bicbanco Brasil 535,7
2.Panamericano Brasil 483,5
3. Banrisul Brasil 277,7
4. B. do Brasil Brasil 191,2
5. Compartamos México 190,8
6. American Express EUA 126,2
7. Itau Unibanco (PN) Brasil 124,1
8. Bradesco (PN) Brasil 122,1
9. Itau Unibanco (ON) Brasil 111,9
10. Bradesco (ON) Brasil 107,5
   
     
     
     
     
     
  EUA 126,2
     
     
     
     

Read Full Post »

Bovespa cai

Read Full Post »

Older Posts »